Dicas

Cuidado com a Vigilância Sanitária... seu negócio pode estar em perigo

Postado em: 16 de Julho de 2021 às 08:00 Por Redação

Os cuidados sanitários são extremamente importantes para que seu negócio esteja funcionando dentro das conformidades com a lei. E isso já é conhecido pela maioria dos empreendedores do ramo alimentício, mas sempre é preciso redobrar os cuidados: por isso, as dicas separadas aqui pela Academia Assaí visam alertar tanto os novos empreendedores quanto os já experientes.

A Vigilância Sanitária não é nenhuma vilã inimiga dos empreendedores – pelo contrário: ela agrupa cuidados específicos para que o empreendedor não tenha problemas lá na frente. Entre esses cuidados, está a Resolução – RDC ANVISA nº 216/04, que estabelece boas práticas para o manejo dos alimentos. Veja abaixo um resumo das ações:

• Higiene pessoal, principalmente das mãos – elas devem ser lavadas constantemente com água e sabão.
• Uso de equipamentos específicos para a manipulação dos alimentos, como talheres, pratos, conchas e escumadeiras. De preferência aos utensílios de aço.• Limpeza dos utensílios com álcool 70% ou solução de hipoclorito de sódio.
• Higienização dos espaços internos e externos do estabelecimento, a fim de controlar pragas como ratos e baratas.
• Água potável para fazer os alimentos.
• Não mesclar as áreas muito frequentadas com as de manipulação de alimentos, como, por exemplo, colocar o estoque dentro da cozinha.

Em dia com a Vigilância Sanitária

Há uma série de documentos necessários para se estar em dia com a Vigilância Sanitária. Esses procedimentos costumam ser padronizados em todo o país, podendo haver uma ou outra divergência mínima. Entre os documentos, estão: 

Manual de Boas Práticas e Procedimentos Operacionais Padronizados, Atestado de Saúde Ocupacional dos Funcionários, Programas de Prevenção de Acidentes de Trabalho, Comprovante de Controle Químico de Pragas, (realizado por empresa especializada), Comprovante de Limpeza da Caixa d’Água, Controle de Temperatura dos Alimentos e dos Equipamentos, Controle de Recebimento dos Alimentos; Controle Preventivo de Máquinas e Equipamentos; Registro de Limpeza de Equipamentos; Laudo de Análise de Potabilidade da Água e Laudo da Análise de Alimentos.

Para aprender a como seguir todos esses padrões e ter a documentação em dia, a Academia Assaí disponibiliza o curso gratuito Vendas por Encomenda, que explica, em sua aula 8, o passo a passo de como se adequar às regras da Vigilância Sanitária. 

Outro curso gratuito recomendado é o do Sebrae: Boas Práticas nos Serviços de Alimentação. Além disso, o Sebrae disponibiliza uma cartilha completa com todas as orientações ao empreendedor acerca das regras da Vigilância Sanitária. Acesse clicando aqui. 

Consequências 

O descumprimento das regras da Vigilância Sanitária pode ocasionar em multas elevadíssimas e até mesmo o fechamento do seu estabelecimento. Nesses casos, depende dos padrões adotados pela cidade em que seu negócio está localizado. 

Para saber se há visitas regulares do Departamento de Vigilância Sanitária em seu município, basta ligar na prefeitura para confirmar.

Além disso, o descumprimento das regras básicas de higiene pode ocasionar a contaminação dos alimentos, o que pode prejudicar seus clientes, causando sintomas perigosos que podem levar até mesmo à morte. Esse cenário indesejável pode acabar com a confiabilidade do seu negócio e gerar denúncias graves. 

Para mais dicas de negócios, siga nossas redes sociais e ouça o podcast Negócio em Dia, disponíveis AQUI.

Vitrine do Fornecedor

Perdigão
Ajinomoto
Arrifana
Cepera
Ekma
Kisabor
Rosa Branca
Sadia
Sofiteli
Vigor