NegóciosEmpreendedor

Delegar ou “delargar”?

Postado em: 20 de Março de 2018 às 17:35 Por Redação

Hoje, a consultora empresarial Ellen Pacheco nos ensina a delegar atividades corretamente

Saber delegar é uma das principais competências de um líder. No mundo dos negócios, se não há delegação, não há desenvolvimento da equipe, não há crescimento e não se consegue pensar estrategicamente e olhar para o futuro. Mas você sabe como delegar de forma eficiente? Respondendo a essa e a outras perguntas sobre o tema, a consultora empresarial da Blue Nambers, Ellen Pacheco, ensina como delegar e não “delargar”. Confira a seguir!

 

Academia Assaí Bons Negócios – Qual a importância para um líder em saber delegar tarefas?

Ellen Pacheco – Um líder que sabe delegar passa a mensagem para toda a sua equipe de que acredita nas pessoas e compreende sua responsabilidade no processo de desenvolvimento delas. Dessa forma, consegue maximizar resultados e gerar novas competências internas. Quanto mais forte estiver sua equipe, melhores serão as performances e os resultados, individuais e coletivos.

 Qual a diferença entre saber delegar e transferir responsabilidades?

Ellen Pacheco – Muitos líderes confundem a competência de “delegar” com “delargar”, que significa “transferir a tarefa junto com a responsabilidade”, em que o líder anula seu papel e costuma colocar “a culpa” da falta de resultado no outro. Delegar é muito mais do que isso. É desenvolver e acompanhar todo o processo, fazer girar esse ciclo, sabendo a hora de “entrar e sair de cena”. Você não precisa conduzir, aprovar, nem mesmo conhecer todos os detalhes, mas precisa ter mecanismos que assegurem que todos estão caminhando com os mesmos valores e para a mesma direção.

Como saber delegar pode influenciar na estratégia do negócio e na produtividade das equipes?

Ellen Pacheco – Saber delegar é uma competência chave, considerada a base que precisa ser construída para permitir o crescimento do negócio. Quando o líder não delega, os funcionários não se sentem desafiados nem conectados às estratégias e, quando não assumem os desafios, também não assumem os resultados, pois não se sentem partes. Fica faltando o propósito do porquê fazer a tarefa. Cria-se um cenário no qual o líder passa a ser percebido como insubstituível. Ele decide tudo, da sua forma. E, nesse movimento, cria-se uma cultura organizacional de “não responsabilização”, em que as pessoas incorporam esse papel de vítimas e deixam de dar o seu máximo.

Quais tipos de problemas podem surgir quando um líder “delarga” e não delega?

Ellen Pacheco – Muitos problemas podem aparecer, gerando impactos negativos tanto para o clima organizacional, pois as pessoas se sentem esquecidas, como para os resultados do negócio, que, por falta de gestão e acompanhamento, começam a cair. Excesso de conflitos, desmotivação da equipe, falta de engajamento, aumento do turnover e demissões são exemplos de consequências dessa “troca”.

Quais tipos de problemas podem ocorrer quando não se consegue delegar?

Ellen Pacheco – Para o líder, sobrecarga de trabalho, falta de tempo e dificuldade de fazer a gestão de pessoas. Para o seu negócio, equipe desmotivada e desengajada, baixa produtividade, falta de confiança e dificuldade de inovar e crescer.

Como delegar de forma eficiente?

Ellen Pacheco – Delegar também é se libertar. É abrir mão da necessidade de  ter controle de tudo sem transferir toda a responsabilidade para o outro. É criar uma estratégia de desenvolvimento e acompanhamento das pessoas, permitindo que elas aprendam e, consequentemente, contribuam mais para o seu negócio. E assim se constroem relações de confiança. Com muito diálogo, transparência e paciência. Desenvolver pessoas é uma das principais competências do líder de hoje, mas é preciso acreditar nisso para conseguir fazer diferente.

Pensando em pequenas empresas, em que o dono é também o líder, quais dicas podemos dar para que esse empresário possa delegar de forma construtiva?

Ellen Pacheco – O primeiro passo para o empresário conseguir delegar é ter consciência dessa sua dificuldade, listando quais serão os ganhos (para si e para o seu negócio) se ele passar a delegar mais, a partir de hoje. Só após essa reflexão haverá motivação para começar uma mudança no sentido de se relacionar com a equipe de forma um pouco diferente. Pense bastante sobre isso. São os nossos pensamentos que movem (ou impedem) as nossas ações. Para delegar, é necessário se conhecer e conhecer bem cada membro da sua equipe.

 

Gostou desta matéria? Então compartilhe-a! E encontre, no Blog Academia Assaí Bons Negócios, mais conteúdos exclusivos que vão ajudá-lo na gestão do seu negócio.

Tags: 
Delegar

Post mais vistos

Vitrine do Fornecedor

Ambev
Perdigão
Perdigão
Ajinomoto
Arrifana
Cepera
Ekma
Ki Sabor
Qualy
Rosa Branca
Sadia
Sofiteli
Vigor